quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Dever cumprido!


Se o Vasco vestisse coletes ao invés de camisas de jogo, todos pensariam que se tratava de uma atividade comandada pelo técnico Dorival Jr. Em ritmo de treino, iniciamos nossa campanha na copa do Brasil com uma boa vitória. Vitória que já nos garante na próxima fase da competição.Cumprimos com nossa obrigação de time grande. O que se espera de uma grande equipe ao enfrentar uma equipe do porte de nosso Rival homônimo nordestino, é que a vitória venha de forma tranquila. E, justamente dessa forma, que ela veio. Sem forçar muito, chegamos aos 4 gols e carimbamos nossa vaga na próxima fase.


Jéferson logo aos nove abriu a contagem. Após ficar com o rebote do escanteio, o meia limpou pra canhota e com um potente chute, estufou pela primeira vez as redes na capital do piauí. Com o total domínio da partida, era questão de tempo o segundo gol. Questão de pouco tempo. Quinze minutos depois, Paulo Sérgio colocou Elton de frente pro crime. O atacante, esbanjando categoria, deixou o goleiro caído e completou para o gol vazio. Tamanha era a facilidade e a superioridade vascaína, que a equipe relaxou. Nesse breve momento de relaxamento, o Flamengo aproveitou-se e, em seu único ataque durante 90 minutos, descontou. O resultado de momento assegurava o jogo de volta.


Quem esperava um Vasco determinado, viu um Vasco meio desinteressado no segundo tempo. Os cruzmaltinos levavam em banho-maria o jogo e, apesar do completo domínio, não era incisivo no ataque. Na metade da segunda etapa, enfim sairia o gol da classificação. E ele saiu dos pés do melhor jogador em campo, Paulo Sérgio. O lateral, que rapidamente fez os Vascaínos esquecerem de Wagner Diniz, cobrou falta com perfeição e colocou o cruzmaltino novamente com a mão na vaga. No finalzinho da partida, Élton, com direito a pedalada e tudo, marcou seu segundo e fechou a tampa do caixão rubro negro.



Dorival terá agora um longo período de intervalo até a próxima partida, e certamente usará o tempo para intensificar os treinamentos e fazer os ajustes que julgar necessário. Poderia, por exemplo, repensar a titularidade de Pimpão, que se mostra extremamente ineficaz nas finalizações, atributo imprescindível à um centro-avante. De resto, creio que a equipe vem desempenhando um bom papel e confio que nos garantirá o acesso sem grandes preocupações.

A ordem é esquecer os tribunais e seguir trabalhando para fazer uma boa Copa Do Brasil e um bom segundo turno, de preferência fazendo logo todos os pontos possíveis, para caso a federação decidir no tirar 6, 10 ou 15 pontos, tenhamos ainda a chance de classificarmo-nos.


O PRIMEIRO PASSO FOI DADO, MAS A CAMINHADA RUMO AO TÍTULO INÉDITO É LONGA!



O SENTIMENTO NÃO PARA!!!

3 comentários:

  1. decisão correta, continuar a vida, esquecer os tribunais e mostrar dentro de campo do que o time é capaz, assim como fez ontem..

    abraço!

    ResponderExcluir
  2. o Clube deve continuar batalhando nos tribunais, enquanto os jogadores trabalham aguardando o próximo jogo.
    Vitória fácil sobre os mulambos piauienses.
    Elton ganhou a vaga no ataque e o Pimpão precisa de um intensivão de chute a gol, junto com o Alex Teixeira.

    Abraço e sds!

    ResponderExcluir
  3. em campo trabalha-se para o próximo jogo, fora dele, na calada, trabalha-se para a batalha dos tribunais! tem que parar tudo no carioca e seguir adiante nos demais campeonatos, qd o carioca voltar escal-e-se os juvenis e mande todo mundo as favas...tem que respeitar o Vasco!

    ResponderExcluir

Sinta-se a vontade para expressar sua opinião sendo Vascaíno ou não.

Saudações Cruzmaltinas