terça-feira, 24 de março de 2009

Fernando: Um "bico" no passado!


"E o primeiro "pacotão" de jogadores da era Dinamite é finalmente apresentado.Como promessa de campanha , Dinamite grantiu a contratação de reforços de peso e renome, analisemos então o pacote. {...} Por fim, o zagueiro Fernando, que vem como principal elemento desse pacote, para quem sabe melhorar as pífias, patéticas e assombrosas atuações da zaga, coisa da qual eu duvido muito.Fernando tem tudo pra ser mais um perseguido da torcida vascaína. Não bastasse ele ter atuado grande parte de sua carreira vestindo a camisa proibida de um certo clube da zona sul, nem por lá ele agradava e porque cá ele agradaria? é o que me pergunto desde o surgimento dos primeiros boatos sobre sua contratação, e creio, ou melhor, tenho a certeza de que não sou o único a pensar dessa forma e a olhar com séria desconfiança para esse tipo de contratação."



Era dessa forma desconfiada, e não é por menos, que eu, e acredito que grande parte dos Vascaínos, recebia o zagueiro Fernando. Suas referência eram as piores possíveis, pois além de notadamente não ser um zagueiro refinado, tinha um passado condenante. Na gávea o jogador alternou bons e maus momentos, vivendo sempre no limite com a torcida. Chegou a ser chamado pelo presidente Rubro-negro de "Princípe da Zaga". Saiu da gávea no Fim de 2006 e por duas temporadas defendeu o Duisburg da alemanha, que aliás, já havia defendido em outra oportunidade. Cansado da Europa, resolveu cair de para-quedas no Vasco, para quem sabe, melhorar as assombrosas apresentações da zaga cruzmaltina, coisa que, repito, duvidava muito.


Assim mesmo que deve ser conjugado o verbo, no passado. Duvidava, mas não duvidei mais á partir do momento que ele começou a atuar e mostrar que dentre todos aqueles patéticos zagueiros que tínhamos, ele estava um pouco acima. A partida em que isso ficou mais evidente foi contra o Goiás, onde o zagueiro foi decisivo para vitória. Teve seu trabalho reconhecido, tanto é que do erro total que foi aquele time, foi um dos únicos remanescentes, a pedido do próprio Dorival. Hoje, Fernando, segundo o próprio, vive o grande momento da carreira e é um dos responsáveis diretos pelo Vasco ter a melhor defesa do estadual ao lado de seu companheiro Titi e do goleiro Tiago. O tempo parece ter lhe feito bem. Hoje é um zagueiro muito mais seguro do que era, a truculência que marcava suas atuações foi substitúida pela consciência. O tempo também lhe trouxe, além da maturidade, a liderança, sempre exaltada peleos companheiros e comissão técnica. A desconfiança deu lugar a tranquilidade, e a identificação do jogador, assim como todo o resto do time com a torcida é impressionante. Quase nem me lembro que um dia ele esteve no império do mal. E ele parece ter dado um bico no passado de vez, sendo um dos melhores em campo no clássico e de quebra entortando 2 adversários e ligando o contra-ataque do segundo gol.


Quem diria hein? Fernandão é Vascaíno!

2 comentários:

  1. E ai brother blz? Valeu a visita no Blog do Vascão, no próximo Post já divulgarei seu Blog, e colocarei o link a disposição da Nação Vascaína que acompanha o meu. Abraço.
    Saudações Vascaínas.

    JLVeiga

    Blog do Vascão:
    www.vascao100ev.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. ta certo almirante

    vou corrigir lá

    desculpa qlqr coisa

    abração

    ResponderExcluir

Sinta-se a vontade para expressar sua opinião sendo Vascaíno ou não.

Saudações Cruzmaltinas