terça-feira, 17 de março de 2009

Para atroplear o urubú!


Só para não passar batido comentarei de forma breve a vitória sobre o Boa Vista. Ainda de ressaca física da partida exuberante contra o Botafogo, o Vasco visitou Bacaxá e derrotou a equipe local pelo suficiente 1 a 0. Fernando fez de cabeça em mais uma assistência perfeita de Paulo Sérgio. O time de Dorival não repitiu a boa atuação do clássico, muito em virtude do cansaço e das condições do gramado que, de tão estreito, lembra o soçaite que eu bato bola com a rapaziada. Havia também um adversário, que não se acanhou e marcou muito forte a equipe do Vasco. Sorte que esse ano temos um treinador, que como sugere a própria palavra, treina a equipe, treina jogadas de bola parada e, mais uma vez, tivemos sucesso com ela.


Agora temos toda a semana para trabalhar pensando no Domingo, onde faremos o "Clássico dos milhões" no maracanã diante da flamengada. Decerto uma das maiores rivalidades do Futebol Mundial, quissá a maior. E chegamos ao tão esperado jogo, que pode ser o único entre as duas equipes na temporada, voando baixo e cheio de confiança para manter os 100% de aproveitamento. Enquanto isso lá na gávea a coisa não anda boa e a torcida pega no pé. Fala-se que em caso de derrota para o Vasco, a cabeça de Cuca pode rolar. Com a cabeça tranquila e a salvo esta Dorival Jr, que poderá contar com todas as peças consideradas por ele titular para armar a equipe para o clássico. Por mais que não crave com absoluta certeza que venceremos e rechace a condição de favorito, tenho confiança de que poderemos fazer uma boa partida e sair do mário filho com mais 3 pontos. Tenho confiança de que podemos fazer um jogo franco, aberto, com personalidade. Dorival jr devolveu esse Vasco para torcida. Chega do Vasco que entrava amedrontado nos clássicos, pensando apenas em se defender.Se mantivermos a postura das últimas partidas, temos totais condições de atropelar o dessarumado "framengo".


E para liderar esse novo Vasco, depositamos as fichas no nosso camisa 19, que cada vez mais conquista a confiança da torcida e o respeito da nação cruzmaltina. "Qual Carlos Alberto vai chegar no Vasco?" era a pergunta que me fazia quando anunciaram sua contratação. Seria o Carlos Alberto do começo, que esbanjava talento, ou seria o outro, que colecionava problemas por onde passava? Até agora, por mais cartões- alguns injustos- que tenha levado, é o Carlos Alberto bom de bola. A cruz de malta lhe caiu muito bem e o novo papai tem sido fundamental para essa jovem e batalhadora equipe, que nos devolveu a confiança e a esperança de um ano de alegrias.



O SENTIMENTO NÃO PARA!!!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se a vontade para expressar sua opinião sendo Vascaíno ou não.

Saudações Cruzmaltinas