sexta-feira, 17 de abril de 2009

Se você acha que os números do Vasco não dizem nada, veja então o que diz os números de nossos adversários da série B!


Há muito tempo o Vasco não começava tão bem uma temporada. Foram disputadas até aqui 18 partidas oficiais, com 14 vitórias e apenas duas derrotas. Embora a maior parte desses jogos tenham sido disputados contra equipes inexpressivas, um dado como esse não merece ser desprezado. Um início como esse serve ao menos para nos encher de confiança para a disputa da série b. Motivado por isso, resolvi investigar o retrospecto de nossos adversários na segundona. Nada de análises profundas, apenas números. Até porque não saberia fazer qualquer tipo de análise esmiuçada, pois confesso meu total desconhecimento em relação aos times do sub-mundo do futebol brasileiro. Senão vejamos.


Bahia: Classificou-se com sobras para a fase final do campeonato Baiano, até como não poderia ser diferentes face aos times que o disputam.. Com 14 vitórias, 4 empates e 4 derrotas; O tricolor baiano chegou aos 46 pontos que o mantiveram na vice liderança, 4 pontos a menos do que seu arqui-rival Vitória, líder do torneio. Na copa do Brasil, o Tricolor eliminou na primeira fase o Mossoró, mas abandonou a disputa ao ser eliminado pelo Coritiba na segunda fase.

Paraná: O Paraná clube, equipe que revelou nosso prodigioso artilheiro Rodrigo Pimpão, faz campanha aquém de sua tradição no cenário paranaense. Classificou-se na primeira fase apenas na quinta colocação, ficando atrás de seus tradicionais rivais e dos inexpressivos J. Malucelli e Nacional PR. Os 20 pontos foram conseguidos mediante 6 vitórias, 2 empates e meia dúzia de derrotas. Na segunda fase do torneio, o Paraná soma 7 pontos, conquistados em 2 vitórias, 1 empate e 1 derrota. As chances de título são reduzidíssimas. Pela Copa do Brasil, o Paraná eliminou na primeira fase o Mixto MT e segue na disputa contra o Fortaleza, tendo perdido a primeira partida fora da casa por 2 a 1.

Juventude: O Juventude classificou-se nos dois turnos do campeonato Gaúcho para as fases finais. No primeiro, totalizou 11 pontos, conseguidos mediante 3 vitórias, 3 derrotas e 2 empates. Foi eliminado nas quartas de final pelo Grêmio. Já no segundo turno, o JU fez campanha um ponto melhor do que no primeiro,12, conseguidos através de 3 vitórias, 3 empates e uma derrota. Foi eliminado novamente, dessa vez pelo Caxias, na semi-final. Pela Copa do Brasil, a equipe eliminou o Sorocaba na primeira fase, mas deu adeus na segunda ao ser eliminado pelo Vitória.

Figueirense: O Figueira foi um dos que desceu junto com nosso querido Vasco no inglório 2008. Ao contrário do nosso bravo Almirante, o Figueira entra 2009 da forma como saiu de 2008, fazendo papelão. Não beirou sequer as zonas classificativas do risível campeonato catarinense e já esta fora da briga. No primeiro turno terminou na sétima posição, colhendo 3 vitórias, 3 empates e 3 derrotas. No segundo, uma sensível melhora: Foram 5 vitórias, 1 empate e 3 derrotas. Ainda assim, o Figueira e seus 15 pontos, ficaram longe da vaga para a fase final. Pela Copa do Brasil, a equipe ainda segue viva. Tendo eliminado na primeira fase o Sampaio Corrêa, enfrenta agora a Ponte Preta para seguir vivo na briga.

Portuguesa: A fabulosa é ,junto conosco, favorita ao acesso. Não fosse um lance pra lá de polêmico na última rodada do Paulista, no qual o zagueiro da Ponte, sabe-se lá o porquê, cometeu pênalti infantil, possibilitando a classificação do Santos, a Lusa estaria agora em meio a decisão do paulista. A brava campanha dos 37 pontos foi alcançada através de 11 vitórias, 4 empates e 4 derrotas. Na copa do Brasil no entanto, eliminação prematura frente ao modesto Icasa.

Guarani: O bugre é junto com o Vasco e o Bahia, os únicos da disputa que já foram campeões nacionais. O Timasso, campeão em 78, que contava, entre outros, com o artilheiro Careca, nada lembra o time de hoje do Guarani. Não bastasse um time dessa tradição estar há um bom tempo longe da séria A nacional, o Bugre, hoje, se encontra rebaixado para séria A-2 do Campeonato paulista. A fatídica campanha de 3 vitórias, 5 empates e impressionantes 11 derrotas, colocou a equipe em penúltimo lugar do torneio paulista. Na Copa do Brasil, o bugre eliminou o J. Malucelli na primeira fase e já topou de frente com um dos bicho papões do Torneio, o Inter. E, ao que tudo indica, será eliminado.

Ponte Preta: Rival tradicional do Bugre fez até bons papéis na série A em alguns anos, embora seja assídua freqüentadora da série B.No Paulista fez campanha até certo ponto regular, tendo em vista suas capacidades. Foram 6 vitórias, 6 empates e 7 derrotas, totalizando 24 pontos e alcançando a nona posição no torneio. Na primeira fase da Copa do Brasil, a Macaca eliminou por contundentes 6 a 1 o Vilhema, e agora tem pela frente Figueirense para manter viva as esperanças.

Bragantino: 6 vitórias, 5 empates e 8 derrotas, essa foi a campanha do Braga no campeonato paulista que lhe rendeu a décima colocação. A equipe de Bragança paulista, que um dia revelou para o Brasil a competência de Wanderley Luxemburgo, não se credenciou para disputar a Copa do Brasil.

São Caetano
: Esse é daqueles time pelo qual sempre torcerei contra. Sou radicalmente contra esses times sem tradição e história alguma, times sem raízes e sem torcida. E a campanha do azulzinho no campeonato paulista foi razoável: 6 vitórias, 4 empates e 9 derrotas. A equipe não participa da atual edição da Copa do Brasil.

Fortaleza: Dois gols a mais de saldo: Essa foi a diferença do Fortaleza para o Horizonte no campeonato Cearense, e que possibilitou ao tricolor a classificação para a fase final do primeiro turno na quarta colocação com 4 vitórias, 3 empates e 2 derrotas. Contudo, foi eliminado na Semi pelo seu arqui-rival Ceará. No segundo turno, o tricolor subiu de produção e classificou-se em primeiro colocado, alcançando 6 vitórias,1 empate e 2 derrotas, desse modo totalizando 19 pontos. Após ter eliminado o Boa Viagem na Semi, enfrenta na final do turno o Guarany de sobral para, quem sabe, disputar o título contra seu rival Ceará. Pela Copa do Brasil, eliminou a Desportiva na primeira fase e faz duelo decisivo com o Paraná para tentar seguir avançando.

Ceará: Sem muitas dificuldades, o Ceará venceu o primeiro turno do Cearense e agora espera o seu adversário na final. A campanha na fase regular do primeiro turno foi de 5 vitórias, 3 empates e 1 derrota. A boa campanha não se repetiu no returno, e o Ceará sequer avançou para a fase final, tendo conquistado somente 13 pontos, conseguidos mediante 4 vitórias, 1 empate e 4 derrotas. Pela copa do Brasil, o Alvi-negro não passou nem da primeira fase, ficando pelo caminho em confronto diante do Central. Este mesmo Central que eliminamos com um pé nas costas.


ABC: Popular time de natal e de maior torcida por aquelas regiões é um time que, se não merece lá grandes análises e tampouco inflige qualquer tipo de temor em nós, é um time que simpatizo por demais. Poucos se lembram que o tradicional time de Natal foi algoz do Fluminense na série B, responsável por fazer a Unimed cair para a terceira divisão. No campeonato Potiguar, o ABC não atingiu a classificação no primeiro turno, este ficando com o Assu. A campanha de 6 vitórias, 1 empate, e 3 derrotas, lhe garantiu apenas terceira colocação. Já no segundo, o ABC lidera com 6 vitórias, 3 empates e uma derrota. Fará a final de turno contra o Potiguar. Pela Copa do Brasil, eliminou o Fast na primeira fase e agora tem pela frente o Atlético PR.

América RN: Tradicional rival do ABC, o América vai muito mal das pernas. Não chegou nem perto de classificar-se para as finais do Campeonato Potiguar. No primeiro turno foram 5 vitórias, 3 empates e duas derrotas. No segundo, a campanha foi terrível: 1 vitória, 4 empates e 4 derrotas. Na Copa do Brasil, a equipe já ficou pelo caminho, perdendo na primeira fase para o Confiança.


Campinense: Equipe que subiu da série c em 2008, e que não deverá dar muito trabalho. No Campeonato Paraibano até fez uma graça. Classificou-se no primeiro turno com 3 vitórias, 3 empates e 1 derrota, contudo foi eliminado pelo Souza ou pelo treze( confesso que não entendi muito bem regulamento do campeonato paraibano). Em todo caso, repetiu a boa campanha no returno, dessa vez chegando a fase final com 4 vitórias, 2 empates e 1 derrota. Ainda disputa as semi finais contra o Souza, tendo perdido, em casa, a primeira partida por 3 a 2. Na Copa do Brasil, o único paraibano na disputa da série B perdeu para o Misto na primeira fase e já despediu-se do torneio.

Atlético Goianiense: Um time que já nasce com nome de “timeco”. Lembro que ao ser perguntado por um amigo sobre quem seriam os outros participantes da Série B, ao citar esse time, ele me olhou com uma cara de puro desprezo. Contudo, não parece ser um dos times mais fracos não. Ao me deparar com a campanha do até então desconhecido time, me assustei. São 12 vitórias, 3 empates e duas derrotas pelo campeonato goiano. Campanha inferior somente à do Goiás. Pelas semi-finais, venceu o primeiro jogo do Itumbiara de Túlio e Denílson por incontestáveis 5 a 1. Em que pese o fato do campeonato goiano ser uma bela porcaria, a campanha do Atlético é irrepreensível. A equipe é mais uma que não disputa a atual edição da Copa do Brasil.



Duque de Caxias: Outro time de aluguel, sem raiz e sem torcida, e que conhecemos de perto. Em São Januário, vencemos por fáceis 3 a 1, jogo que inclusive estive presente. Vou dizer os números do Caxias porque disse dos outros, mas não é preciso número algum para, de antemão, sabermos que esse time é uma porcariazinha. Vamos a eles então: Somando os dois turnos do campeonato foram 4 vitórias, 3 empates e 7 derrotas. O clube também não disputa essa edição da Copa do Brasil.

Brasiliense: Se fossemos um país sério, o mandatário desse clube estaria no xilindró. Será o clube contra o qual faremos nossa estréia e que, se não promete dar muito trabalho na competição, já nos deu grande dor de cabeça esse ano. Foi exatamente esse clube de cor Amarelo “gema podre” responsável por todo o imbróglio do maldito “caso Jéferson”. Seus números na temporada são de 13 vitórias, 2 empates e 2 derrotas. Números que o credenciam como virtual campeão no Amador campeonato Brasiliense. Na Copa do Brasil, a equipe eliminou na primeira fase o Cristal, mas deu adeus ao ser derrotado pelo Goiás na segunda fase.

Ipatinga: Time de prefeitura e que desceu conosco ano passado. Quando todos pensavam que este faria campanha mais vergonhosa do que a feita pelo América de Natal, surpreendeu e chegou até a sonhar em se livrar da série b.Não se livrou. Para você ver como é pereclitante situação do Ipatinga, é só dizermos que este disputa a Série B do campeonato mineiro. Não consegui seus números no globoesporte.com, de onde aliás, provém esses números aqui explicitados. Não será preciso número algum para dizermos que o Ipatinga é uma galinha morta.

Vila nova: Tradicional time goiano que, no entanto, não anda bem das pernas nem no fraco campeonato goiano. Aliás, já foi eliminado da competição ao terminar na quarta colocação de seu grupo. Ao todo foram 6 vitória, 5 empates e 6 derrotas. Por pouco não conseguiu o acesso ano passado, terminando na quinta colocação, empatado com a Ponte Preta.

7 comentários:

  1. tudo isso sómostra que estamos no caminho certo e não podemos esmorecer...a série B é pedreira sim, mas somos grandes e vamos voltar ao lugar que nunca deveríamos ter saído : a elite!
    nunca perdoarei Eurico por termos chegado a tal ponto. mas, somos muito maiores que as pessoas, somos o vasco!Blog sempre show viu almirante? parabéns...apareça mais para zoar aquelçes manés dos outros times lá no blog..
    ah, o porgrama nosso está disponivel no site www.malditafutebolclube.com.br e o post do vascaino charles madeira está sendo aos domingos lá no blog, valeu? abs, leandro

    ResponderExcluir
  2. o post ta sensacional...o li em outro blog, parabéns! desse jeito só vai dar vascão!
    aushaushuashaus

    ResponderExcluir
  3. Hola. Entérate de las maravillas que posee el Ecuador, donde podrás opinar, votar y otras cosas más. Conoce Ecuador con mi página:

    www.lomejordelecuador.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. O nosso Vasco vai passar com sobras pela série B. A exemplo do Corinthians o Vascão não vai tomar conhecimento dos adversários.
    Isso não quer dizer que somos imbatíveis e montamos um time pra vencer Libertadores. Longe disso. Mais diante da realidade dos times que disputam essa competição. É o Vasco e o resto.

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. tipo, foi mal mesmo...pensei que o guarani fosse realmente o campeão de 87...tinha me esuqecido realmente dequele improdíio do flamengo, mas tbm, eu nem penso naquela porcaria..

    sauhsuahsuahsuahsuash

    até

    ResponderExcluir

Sinta-se a vontade para expressar sua opinião sendo Vascaíno ou não.

Saudações Cruzmaltinas