terça-feira, 12 de maio de 2009

Respeitar sem medo

A bola é dele!!!!!
Povo Vascaíno,


Amanhã continua nossa saga na Copa do Brasil. Será a primeira vez que enfrentaremos um adversário da nossa estatura-um clube de série A como o nosso. Uma equipe muito bem montada, com torcida, estádio, história e tradição.De fato um adversário merecedor de todo nosso respeito. E que não confundam respeito com temor. Há que se ter cuidado, mas a receita para a classificação passa pelo nome do adversário: Vitória. De preferência sem sofrer gols. Mas o importante mesmo é vencer, nem que seja pelo absurdo placar de 7 a 6.


Além de ser fundamental vencermos para avançarmos na competição e nos colocarmos a 4 passos de um libertadores-que seria um sonho-, uma vitória, contra um adversário de nível de série A, daria uma levantada bonita no nosso moral. Faria com que a parcela incrédula da torcida vascaína, ainda que minoritária, passasse a ter mais confiança nesse nosso bravo time.


E aos poucos o Vasco vai retomando a sua cara. A volta de Nílton- que na minha opinião é nosso melhor jogador- é providencial para a melhora do nosso desempenho. No jogo contra o Brasiliense, tal tese ficou escancarada. Um meio composto por Nilton, Carlos Alberto e Léo Lima, sem esquecermos do valente e vigoroso Amaral-que calou muitas bocas, inclusive a minha- da uma nova dinâmica ao nosso time. Melhora a saída de bola, melhora o toque de bola no meio campo, melhora a marcação e da a liberdade de que tanto precisa Ramón e Paulo Sérgio. O que mais me preocupa é a dupla de zaga. Vilson e Gian não me passam um respingo de confiança. Ambos lentos, ambos atabalhoados, fracos técnicamente. Que compensem na garra, como têm feito.


Não irei a São Januário, mas tenho certeza que estarei bem representado por minha torcida maravilhosa, que não deixou o sentimento parar e certamente jogará ao lado do time para conseguirmos essa classificação.




4 comentários:

  1. Não fiquei com as melhores das imprensões nos jogos do Vitória contra o Atlético-MG. Mas depois da vitória contra o outro Atlético, em plena Arena da Baixada - e jogando muito bem -meus julgamentos pareciam, mesmo, preciptados. A principal arma baiana, prá mim, é o apoio do lateral Apodí, que tem alguma dificuldade nos cruzamentos mas sempre cria ótimas opções pelo lado do campo.

    FORTE ABRAÇO!

    ResponderExcluir
  2. o Vasco tem de apresentar suas armas neste jogo em casa, senão depois as coisas podem se complicar, garantir um bom resultado em São Januário é essencial para pensar em classificação!!

    abraço!!

    ResponderExcluir
  3. O Vitória é encardido.

    O importante pro Vasco é vencer. Mas não tomar gol também faz a diferença.....

    Abraços

    diletra.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. aos poucos nossa força total volta e na semana q vem já devemos ter a zaga titular.
    Um bom resultado hoje será fundamental e a torcida jogará junto com certeza.
    É o Vascão rumo a este título inédito e importantíssimo.
    Abraço!

    ResponderExcluir

Sinta-se a vontade para expressar sua opinião sendo Vascaíno ou não.

Saudações Cruzmaltinas