sábado, 30 de maio de 2009

Tudo sob controle..



Pegue um time inteiro composto por reservas, muitos deles sem ritmo algum de jogo, improvisados em posições que normalmente não jogam, com pouco entrosamento. Agora, coloque esse time em um campo impraticável, que mais parece uma arena de “beach soccer”, completamente esburacado. Uma derrota nessas condições é até justificável, mas, mais que isso, o que pesou na derrota para o Paraná foi a expulsão de Enrico, exagerada por sinal. Me arrisco a dizer que se não tivéssemos um a menos, não perderíamos o jogo. Na medida do possível, jogávamos bem. O time conseguia trabalhar as bolas, criava algumas oportunidades. O Paraná também teve seus momentos, que esbarraram no ótimo momento de Fernando Prass, que fez ao menos duas defesa espetaculares.

Quem abriu o placar no Paraná foi o Vasco. Após jogada muito bem trabalhada pela esquerda, Pará cruzou ótima bola para área e Edgar mergulhou de cabeça para, com estilo, colocar os visitantes na frente. O Paraná empatou, também de cabeça, com Alex Afonso, o grande nome da partida. Antes do fim do primeiro tempo, Enrico recebeu o segundo cartão amarelo ao fazer falta comum de jogo. A precipitação do árbitro prejudicou demais a equipe do Vasco. Na segunda etapa, apesar da desvantagem numérica, voltamos em cima do Paraná e tivemos boas chances de marcar, com Pimpão e Edgard. Porém, o Paraná virou o marcador em ótima cobrança de falta. O Vasco quase chegou ao empate em cobrança de falta de Nilton, que entrou no lugar de Pará. Contudo, em rápido contra-ataque, Dinélson, em posição irregular, recebeu belo passe de Alex Afonso e fechou a conta em 3 a 1 no Durival de Brito.

Foi a primeira derrota do Vasco na competição, que agora ocupa a Terceira colocação na Série b, com 9 pontos. Não há nenhum motivo para reclamarmos, o time nem foi tão mal. Assim como em algumas de nossas vitórias, o placar não traduz o que foi o jogo. A desvantagem numérica prejudicou muito a equipe, o campo então nem se fala. Não há duvidas de que iremos recuperar essa derrota ao longo do campeonato. A cabeça esta lá na quarta-feira ,na batalha do Pacaembu, como não poderia deixar de ser.

Um comentário:

  1. Iremos recuperar amigos. Voltaremos a liderança.

    Abraços

    ResponderExcluir

Sinta-se a vontade para expressar sua opinião sendo Vascaíno ou não.

Saudações Cruzmaltinas