segunda-feira, 8 de junho de 2009

Blasfemando!




Costumo dizer amém para tudo que o Dorival Júnior faz. Faço isso pois vejo nele conhecimentos futebolísticos muito superiores aos meus, coisa, por exemplo, que não enxergava no Lopes, no Renato. Com esses eu me via em condição de contestar e criticá-los por suas escolhas erradas. Mas com o Dorival não, ele é sabidamente mais conhecedor do riscado do que eu e minha pretensão.



E o que me espanta é justamente isso. Já que ele sabe tanto, e isso é incontestável, não se entende o seu fanatismo pelo futebol de Fernandinho e Enrico, duas peças de extrema inutilidade a equipe. Qualquer leigo percebe que o Fernandinho não tem condições de vestir a camisa do Vasco, e talvez nem de jogar profissionalmente futebol.Já o Enrico é um caso diferente. Vejo nele futebol, só não o vejo em campo. Enrico tem o dom de desaparecer, tem aversão à bola e ao jogo, uma discrição irritante para um meia de ligação.



Uma coisa que a mim ficou turva, é a não escalação do Jéferson. Primeiro o colocam visivelmente fora de forma e ritmo contra o Corinthians. Naturalmente, ele não rende. No jogo seguinte, ante ao Paraná, lá vai o camisa 10 a campo de novo, com o pretexto de pegar ritmo. Dessa vez ele melhora, mostra-se mais participativo e é pelo menos sombra do que pode ser. Anima a torcida, que já vislumbra a dupla de meias Jéferson e Carlos Alberto em ação novamente. Eis que vem o jogo contra o Corinthians, e Jéferson nem entra, Dorival escolhe Fernandinho. Contra o São Caetano, nesse sábado, cadê o Jéferson? Ninguém sabe, ninguém viu.

Juro a vocês, sonhei que conversava com Dorival. Lembro-me de ter lhe dito: “Dorival, coloca o Jéferson de titular, não podemos apostar na inconstância do Léo Lima”

E isso é cristalino, ou pelo menos deveria ser, para todos. Jéferson é titular do time do Vasco até segunda ordem. O Léo lima, pra mim, tem capacidade de jogar mais que o Jéferson, só que entre ter capacidade e conseguir mostrar existe uma grande diferença. Léo Lima tem um grave problema: Não sabe tocar de lado, só se contenta em fazer o mais difícil.



Espero não ter que vir aqui novamente para questionar as opções de Dorival Jr. Espero que Fernandinho nunca mais entre dentro de campo com a camisa do Vasco, espero que Jéferson retome a posição de direito. Perdoa-me Dorival, não era minha intenção blasfemar.

3 comentários:

  1. Então cabra, eu não consegui acompanhar o Fernandinho direito, mas pela pagação do pessoal é ruim mesmo, mas o enrico tem futuro sim, tem potencial e não dá pra execra-lo por más atuações mesmo pq ele mal saiu jogando na temporada.

    O Jeferson diz que só joga 100% talvez isso responda sua pergunta.

    ResponderExcluir
  2. Não dá pra entender essa insistência. O Fernandinho irrita demais, não foi bem em nenhuma das vezes que entrou. FOi pior até que o paraguiao Benitez.
    O Jéferson ficou um tempão fora adquirindo ritmo e entrou numa roubada que foi aquele jogo contra o Corinthians.
    Melhor deixar como opção o jovem Phillipe Coutinho.
    Abraço e sds!

    ResponderExcluir
  3. lugar de vascaido sabado dia 20/206/2009 e em rio bonito as 9:00 lutado com nossa garotada do pre-mirim do campo para levantar seu primeiro tituto de campeao pelo vasco saida do vasco as 7:30 vamos vascaido todas torcida organ força jovem , guerreiro da colina , força filho do vasco e etc

    ResponderExcluir

Sinta-se a vontade para expressar sua opinião sendo Vascaíno ou não.

Saudações Cruzmaltinas