quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Precisamos de você Nílton!



O Acaso fez com que Nílton se tornasse titular no Vasco. Logo no primeiro jogo, Léo Lima, titular da posição, trocou chuteiras por chinelos e Nílton ganhou sua primeira oportunidade como titular da equipe. Logo em sua estréia, deixou sua marca, de cabeça. No segundo, mais um gol, novamente de cabeça. Foi a senha para a torcida se empolgar com o futebol do volante. E a empolgação não era pelo fato dele fazer gols somente, Nílton era, na maioria das vezes, o melhor jogador em campo. Marcava implacavelmente, fazia lançamentos, driblava, era um jogador completo. Lembro que elogios ao futebol do volante derramavam-se nas colunas e artigos pelos blogs e sites.

A empolgação da torcida foi tamanha, que chegamos a chamá-lo de Zidanilton.

Pior idéia que tivemos.

Imagina o que pensou o Nílton...

Imagina o tamanho da responsabilidade...

Simplesmente agora era idolatrado pela torcida mais apaixonada do mundo. Precisava corresponder a expectativa, precisava ser o craque que pensávamos que fosse.

Mudou o cabelo e começou a tentar fazer mais do que podia. Acreditou no mito e acabou se perdendo.


Desde então, a titularidade do Nílton, outrora inquestionável, virou dispensável. Nunca mais foi o mesmo. Uma perda gigantesca para o Vasco. Ele é jogador, se jogar o que pode, para estar no projeto grandioso que temos que fazer a partir de 2010. Jogador que tem totais condições de ser titular do Vasco e de qualquer time no Brasil. Futebol não se esquece, é como andar de bicicleta. Basta o Nílton pedalar tudo que pode que voltará, naturalmente, a ter lugar cativo entre os 11 iniciais e no coração do torcedor Vascaíno.

Só precisamos que ele consiga...

Será?

4 comentários:

  1. tem muito jogador que não ser exaltado pela torcida...começa a inventar e querer fazer mais do que sabe, daí compromete seu desempenho...o Nílton pode sim ser o título do Vasco na primeira divisão, mas se ele se colocar a cabeça no lugar e ser aquele volante do primeiro semestre, tão elogiado...

    abraço!!

    ResponderExcluir
  2. Nílton provou ser inconstante, e me parece ser jogador apenas pra compor elenco, uma partida joga muito, outra da voadora e é expulso, outra some ou erra tudo.
    Se queremos ser campeões ano que vem precisamos de jogadores a nível de Vasco, e você sabe o que isso significa.
    Abraço
    Jeferson

    ResponderExcluir
  3. Assim como o Carlos Alberto, o Nilton também faz muita falta para o Vasco.

    ResponderExcluir
  4. Depois de lançar A Mesa Redonda nas mais altas rodas da blogosfera nacional, regresso à minha casa, ao Águia de Ouro, que criei no dia 25 de Abril de 2007, desta vez não estou sozinho e vou trazer alguns amigos benfiquistas comigo.

    Com um novo design e uma mais diversa e especializada opinião, o Águia de Ouro volta com mais força do que nunca.

    Visitem, comentem e desfrutem:

    http://aguia-de-ouro.blogspot.com/

    No ultimo post os 5 torneios ganhos pelo SLB até agora...

    ResponderExcluir

Sinta-se a vontade para expressar sua opinião sendo Vascaíno ou não.

Saudações Cruzmaltinas