terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Quando a poeira baixa, as mentes clareiam.


“Tudo no Vasco( hungria) dura só até a poeira abaixar.”

A frase não é minha, é de Puskas, um dos maiores jogadores de todos os tempos, e foi dita logo após a inesperada derrota da seleção Húngara na copa de 1954. Final que ficou conhecida como "O Milagre de Berna", vencida pela Alemanha, que na fase inicial do torneio havia levado uma sonora goleada da mesma Hungria.

O Botafogo não é nem de longe aquela Alemanha, nós estamos mais longe ainda de sermos aquela Hungria Fantástica, o nosso craque Carlos Alberto, apesar de não servir nem para engraxar as chuteiras de Puskas, disse também uma frase interessante após o fracasso num torneio absolutamente inexpressivo comparado à uma final de copa do mundo.

“No futebol apenas os fortes sobrevivem e não existe tempo para lamentações.”

Mais do que nunca precisamos ser fortes. Todos nós.

Diretoria, comissão técnica, jogadores e torcida.

Fortes e sensatos, para não deixarmos que uma derrota, embora inesperada, apague todo o bom trabalho que tem sido feito até agora. Logo após a derrota, é normal que o lado torcedor de todos nós se aflore descomedidamente. A primeira impressão é de que nada serve e que esta tudo errado. Quando a poeira baixa, vimos que não é bem assim.

O Campeonato carioca é diferente de todos os outros do país, pois em pouco mais de um mês já chegamos a uma decisão, da Guanabara, mais folclórica do que importante. É apenas um turno, nada mais que um passaporte para a decisão de verdade. Enquanto vemos os times dos outros estados tropeçando e fazendo seus testes, nós já somos obrigados a decidir, talvez sem a maturidade técnica, física, Tática e Psicológica que uma decisão requer.

As cobranças por resultados aqui no Rio são muito mais urgentes e precoces. Não quero que o texto soe como desculpa, absolutamente. Se não tínhamos a maturidade para decidir, nossos adversários tampouco.

Mas derrota não pode esconder o fato de que desde os idos de 2000, temos agora nosso melhor elenco, carente ainda de alguns ajustes e peças de reposição. Nada esta perdido e nada esta ganho. O ano apenas esta começando e fazer protesto por enquanto não é solução para nada. O time merece um voto de confiança!

Estou do lado do Vasco, e você, esta do lado de quem?

6 comentários:

  1. Com certeza sempre ao lado do Vascão, mas críticas construtivas e nao destrutivas terão que existir, tapar o sol com a peneira não tras resultados, ficar no quase é a mesma coisa que não ganhar nada, chegar a final e não ganhar é a mesma coisa que colocar uma mão na Taça e ver ela arrancada das nossas mãos a pontapés.

    Na sua última postagem não vi nada de poeira levantada, vi apenas um sábio torcedor desabafando um sentimento de toda a Nação Vascaína, chega de ser saco de pancadas, tomara que esse ano consigamnos pelo menos um título.

    Nosso amor pelo Vascão é imortal, assim como a Instituição Vasco da Gama muito mais, mas a paciencia não.

    Acredito que daremos a volta por cima.

    Abraço
    Jeferson

    ResponderExcluir
  2. Agora de cabeça mais fria,vendo o tape do jogo, chego a concordar com você. Só que se não cuidar da retaguarda...um abraço. Se Fernando e Titi são o que de melhor nós temos...francamente. Nenhum dos dois e muito menos o Elder Granja servem para sequer vestir a camisa do Vasco. O Careca ainda pode compor o elenco. Precisamos de um quarteto defensivo e de um jogador "diferenciado" do meio pra frente. Pode ser o J.Pernambucano.

    ResponderExcluir
  3. Fala amigo,

    Te fiz meu porta-voz para expressar minha indignação domingo à noite. Salientei isso no post de hoje. Mas agora, de cabeça fria, concordo com você. Vida que segue. 2010 promete. Abração.

    ResponderExcluir
  4. Não tem essa de cabeça fria!!! Toda vez que me lembro dessa desgraça, mais uma dentre várias outras nos último anos, fico puto.

    Eu quero saber se o incompetende Dinamite, junto com seu comparsa, o mauricinho, Rodrigo caetano veloso, deram uma dura no Nilton e no Titi após o jogo? Dois imbecis, ou melhor, quatro, os jogadores por serem expulsos em um momento em que tínhampos que ter calma e a dupla da diretoria por serem omissos, passivos e despreparados para dirgir um time como o Vasco.

    E o sr Nilton não é a primeira vez que faz isso.

    Fernando é outro que jamais deveria vestir a camisa do Vasco. Fez um pênalti escandaloso no Loco Abreu. Por sorte o soprador de apito não marcou, se não seria um chocolate de 3.

    Chega desses jogadores bizonhos no Vasco. Chega dessa diretoria incompentente.

    Quero meu Vasco vencedor e respeitado dentro e fora de campo novamente.

    O pior de tudo é sermos chamado de Vice da Gama.

    É muito sofrimento.

    ResponderExcluir
  5. e ai almirante!!

    Bom com certeza essa derrota teve um efeito pscicologico muito negativo na torcida e no time, mas nao creio que isso ira abalar o time e o clube nessa fase de reestruturaçao e etc...mas eu estou do lado do vasco com certeza e confiante.. parabens pelos textos e pelo blog cara...

    ResponderExcluir
  6. Texto muito bem escrito mais uma vez. Dá prazer de ler.
    Obs: Vc sempre me convence! =)

    ResponderExcluir

Sinta-se a vontade para expressar sua opinião sendo Vascaíno ou não.

Saudações Cruzmaltinas