sexta-feira, 26 de março de 2010

Um rato com uma orelha na Barriga!



"Na mudança de atitude não há mal que não se mude e nem doença sem cura. Na mudança de postura a gente fica mais seguro, na mudança do presente a gente molda o futuro. Até quando a gente vai ficar levando porrada? Até quando vai ficar sem fazer nada? Até quando a gente vai ficar de saco de pancada?”

A primeira mudança já foi feita .

Antes tarde do que nunca.

Embora o imediatismo da torcida clamasse pela saída do Mancini após a perda da Taça Guanabara, um clube que pretende-se sério não pode simplesmente defenestrar todo um planejamento no primeiro revés, mesmo que essa seriedade nos tenha custado o Campeonato Carioca.

Era preciso, e eu entendia isso à época, dar tempo ao tempo, para aí sim tomar uma atitude caso as coisas não melhorassem. Elas, além de não melhorarem, pioraram drásticamente de uma forma inimaginável.

Dado os sucessivos vexames do Vasco, a permanência de Mancini ficou mesmo inviável.

A culpa não é toda do técnico, evidente que não, até porque não é ele que entra em campo para jogar.

Mas é ele que tem a missão de organizar minimamente a equipe e Mancini não conseguiu fazer isso. Não conseguiu, sequer, definir 11 titulares ou uma formação de jogo. Um sujeito que não acredita no próprio trabalho jamais terá sucesso em sua carreira, independente da área de atuação. Se o próprio não acredita em seu trabalho, como esperar que os jogadores comprem a idéia?

Se o Carioca é um grande laboratório, o Vasco de Mancini virou um rato com uma orelha na barriga.

Não haveria outra forma de proceder, era mudar ou mudar.

Apenas trocar o técnico é a solução para o Vasco?

Está claro para todo mundo que não.

Por mais que eu acredite, acredito mesmo-não duvide, que o elenco do Vasco é qualificado, detectamos claramente sérias carências. Boa parte de nossas apostas não deram certo. Muito jogador em que depositávamos confiança, até com razão, ainda não adaptaram-se a pressão de jogar em um clube do nosso porte.

Percebendo isso, veicularam na imprensa que o Vasco buscará reforços para o campeonato Brasileiro. Contratações pontuais que venham suprir as faltas do elenco.

Aí vai minha dica Caetano: Um zagueiro respeitável;Um atacante de lados do campo;um meia armador; Um lateral direito; e que todos cheguem para ser titulares inquestionáveis.

Acredito que com essas 4 contratações, teremos, em tese, um time capaz até de brigar na parte de cima da tabela.

No que tange à objetividade da coisa, essas contratações, aliadas à um técnico seguro do próprio trabalho; estaremos bem encaminhados no meu modo de ver para ao menos jogarmos com dignidade a série A.

O time atual pode não ser grandes coisas, mas é superior ao que os resultados pífios recentes nos levam a crer.

Nosso problema é também imaterial.

O Lédio disse que estamos sem identidade, mas o problema é mais grave.

Estamos sem alma.

Destítuidos do nosso espírito, não somos nada.

Essa é a grande mudança que temos de fazer se quisermos almejar coisas boas nessa temporada e nas próximas: ATITUDE E POSTURA DE VASCO!

Não me refiro ao time somente, mas também a torcida.

Talvez esteja sendo ingênuo por acreditar que todos querem o bem do Vasco, mas de uma coisa eu tenho certeza, essas picuinhas entre oposição e situação só contribuem para o nosso declínio.

Será que é tão difícil entender isso? Enquanto a oposição cumprir apenas o papel de corneta e propor como única solução o retorno das antigas lideranças, e a situação colocar a culpa de tudo nas costas do inominável, a coisa não vai pra frente, pior, só tende a recuar. Chega a dar nojo ver o regozijo de alguns Vascaínos com os nossos insucessos em nome de suas teses. Chega a irritar a passividade dos nossos atuais comandantes.

Precisamos de unidade, fora e dentro de campo.

Caso isso não aconteça, não conseguiremos evoluir nunca.

Precisamos remar todos no mesmo sentido sem fraquejar e salvar o nosso amor mais antigo de um pesadelo que causará sofrimento aos bons e maus corações.

A parte que me cabe eu faço.

Vou aos jogos, compro produtos oficiais, pago em dia minhas mensalidades de sócio e escrevo meus textos acreditando que dias melhores virão se reavermos o quanto antes o espírito, a forma e a maneira de ser Vasco.

5 comentários:

  1. Eu não sei não, posso estar errado mas acredito que demos azar quanto à aposta feita em Mancini. Precisamos ver a coisa dum modo mais realista como: a final da Guanabara foi decisivo para detonar a gente, acabando com o emocional do elenco e também do clube em si. O Vasco não tem grana suficiente pra chamar um técnico foda nem dum reforço porrada como muuita gente não para de falar.."traz o Muricy", "cade o pernambucano?"...porra!! cadê o dinheiro pra isso? não tem gente, ué...a grana da Eletrobras ta encalhada lá ainda sei la ao certo. Nego é foda, quando o vasco ta ganhand é uma máquina, quando perde vira vilão. É tudo no fundo uma bola de neve. um psicológico que fode o elenco, um tecnico que se liga nisso, acaba tb ficando bolado, se perde taticamente e por aí vai...

    ResponderExcluir
  2. você está de certo de jamais perder as esperanças...o Vasco tentou um caminho neste semestre que não deu certo e ponto....agora é hora de recomeçar do zero...contratações e dispensas são necessárias pra qualificação da equipe...ainda mais que, o Campeonato Carioca não serve de parâmetro pra depois disputar o Brasileirão...

    abraço!!!

    ResponderExcluir
  3. Cara eu não sou de acreditar em pais de santos e numerólogos etc... Mas todos e quando eu digo todos são todos mesmo, falaram que o Vascão não ganharia nada este ano. Eu digo pra eles o seguinte, danen-se, o que não podemos perder é a dignidade, a moral, a grandesa de ser Vascão, vamos todos empurrar nosso amado Vascão para a vitória, o primeiro passo de outros que nos darão grandes alegrias.

    Abraço
    Jeferson

    ResponderExcluir
  4. Caro Almirante!

    Sempre gosto e concordo com tudo em seus textos! Na minha opniao, parte do problema foi solucionado que foi a saida do mancini.

    Nosso time tem sim Otimos jogadores, mas como voce mesmo disse estamos sem identidade, sem alma, tanto equipe quanto torcida. Estamos Perdidos!

    Levo fé que se esse time se encontrar, jogar bola mesmo contra o fluminense poderemos sim sonhar com esse titulo e a longo prazo que venham boas contrataçoes a altura do Clube para que possamos Brigar pela Copa do Brasil e pelo Brasileirao.

    Um abraço brother, ainda aguardo uma visita e um comentario em meu blog, se puder pode seguir tb!

    http://vasconsciencia.blogspot.com/

    Saudações Vascainas!

    ResponderExcluir
  5. Fala Almirante, mais um belo texto amigo. Olha cara, seu texto praticamente resume tudo o que eu penso e venho escrevendo no blog nas ultimas semanas. Sei que é dificil muitos torcedores pararem para pensar agora e analisar com clareza o bom time que podemos formar com o elenco que temos, ate porque como voce falou os resultados não estão vindo. A meu ver temos um bom elenco, mas precisamos de alguns jogadores chaves. Concordo com os defeitos que vc apontou, precisamos de um atacante que jogue pelas pontas, tipo o Maicon que jogava no Fluminense. Precisamos de um zagueiro que saiba dar tranquilidade ao goleiro e aos laterais, que ultimamente nem marcam e nem atacam. Precisamos de um jogador que saiba armar jogadas, que chame para si a responsabilidade e deixe nossos atacantes na cara do gol. E acima de tudo precisamos de alma e de coração cada vez que entramos em campo!

    Eu ainda acredito nesse time, assim como você... acredito mesmo!

    Abraços

    Carlos Junior
    http://vascaominhapaixao.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Sinta-se a vontade para expressar sua opinião sendo Vascaíno ou não.

Saudações Cruzmaltinas