quinta-feira, 15 de abril de 2010

Campo de pelada, pelada!



Não dizem que o Paraná é uma espécie de “Europa Brasileira”?

Certamente nessa alusão, absolutamente tosca, não entram na pauta o gramado do Durival de Brito, absolutamente tosco.

Nosso time, que já não é grandes coisas, que já não tem aquele toque de bola envolvente e que não concatena jogadas lá tão elaboradas em gramados com “padrão de qualidade São Januário”, obviamente teria um desempenho insatisfatório num “campinhozeco” de pelada.

A vitória do Vasco para cima de um Corinthians qualquer, que não seja o Paulista, será sempre obrigação.

Se por baixo não havia jogo, existiam duas formas de superar as adversidades: Chutes de Fora da área e bolas levantadas.

Utilizando-se desse expediente, o Vasco levou perigo ao gol adversário na primeira etapa.

Uma cabeçada de Carlos Alberto fulminou o travessão dos paranaenses.

Uma cobrança venenosa de falta pelo Canhão de Léo Gago obrigou excelente intervenção do goleiro.

Houve também um gol mal anulado de Élton, num daqueles impedimentos onde o bandeira humanamente tem direito de errar.

Voltamos para o segundo tempo e a pelada, única coisa que o Gramado(?) permitia, continuou.

Carlos Alberto, novamente de cabeça, teve chances de inaugurar o placar, mas desperdiçou a oportunidade.

Só que, na hora que o capitão sofreu sua milésima falta, Léo gago ajeitou com carinho, na posição em que mais tem eficácia.

O Canhão disparou um chute de rara felicidade e conhecida potência, acordando a coruja do ângulo direito do goleiro.

Foi o gol da classificação.

O Vasco espera o resultado do embate entre Vitória e Goiás,no qual, desde já, entramos como favoritos.

Seguimos firmes no nosso objetivo principal da temporada.

Vamos ver se as forças Ocultas( nem tão ocultas assim, vamos combinar) não nos ceifarão as possibilidades REAIS de conquista da copinha.

Será que é esperar demais?

2 comentários:

  1. Cara se não nos garfarem de novo acredito em uma final contra o Santos, aí vai ser pedreira, nossa zaga terá uma grande missão, parar o ataque dos praianos paulistas.

    No jogo de ontem achei acertada a atitude de Gaúcho em não substituir no jogo, pois esta mais do que na hora de se definir um time titular.

    Abraço
    Jeferson
    Blog Águia F. C.

    ResponderExcluir
  2. Ajude a eleger a Nova Musa do Blog do Vascão.

    Abraço
    Jeferson
    Blog do Vascão

    ResponderExcluir

Sinta-se a vontade para expressar sua opinião sendo Vascaíno ou não.

Saudações Cruzmaltinas