quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Vamos sonhar Juntos?



Esse é o Felipe que eu gosto, esse é o Felipe que eu conheço!

Os 25 minutos de inspiração do maestro foram o suficientes para o Vasco construir o placar de 2 a 0 sobre o Corinthians. O eterno camisa 6 usou a imarcável perna esquerda para reger o Vasco. Fez o que quis no meio campo, distribuindo dribles, passes, lançamentos, e esbanjou toda a categoria que sua capacidade física agora lhe permite esbanjar novamente, não completamente ainda.

Para alguns, não só os entendidos da torcida, bem como os supostos entendidos da imprensa, não ficava claro o porquê do Vasco ter feito um esforço e todo um arranjamento financeiro para tirar o maestro do Qatar. Tá explicado agora! Na verdade, a explicação nunca seria dada em forma de palavras. Sempre soube que a explicação seria dada por ele com a bola, o brinquedo preferido, ferramenta e a extensão de sua genialidade.

O Vasco teve um início arrasador. Antes de aproveitar o cruzamento de Carlinhos e abrir o placar, em um pentelhotímetro de posição irregular, Zé Roberto já havia perdido ótima chance ao sair cara a cara com o arqueiro Júlio César. A defesa do Corinthians é lenta, e a mente de Felipe, em regra, trabalha na toada dos gênios. Natural que ele descortinasse um passe mágico para Éder Luis sair frente a frente com goleiro. Natural que o Éder, o melhor jogador da temporada no Vasco, tocasse com leveza, segurança e confiança no cantinho para ampliar.

Estabelecida a vantagem, o Vasco recuou ainda no primeiro tempo. Apostar no contra-ataque virou a proposta a cruzmaltina. O timinho tocava pra lá, tocava pra cá, mas não oferecia nenhum perigo a meta de Fernando Prass. Não encontrava espaços na sólida defesa vascaína. O que também é natural. O Souza teria que nascer 3 vezes de novo para sonhar que pensava que passava do Dedé. O Souza como jogador é um ótimo bandido.

Mas, já vimos filmes parecidos e os finais sempre foram trágicos. O Corinthians voltaria para o segundo tempo para colocar fogo no jogo. Pelo menos era isso que se esperava. Mas o timinho parecia mais satisfeito do que nós com o resultado. O jogo precisaria esquentar 100 graus para ficar morno no segundo tempo. O Vasco cozinhava o jogo em fogo brando, na temperatura que lhe era favorável, e deixou a bola nos pés do timinho, mas eles não pareciam familiarizados com ela. No fim, vitória Cruzmaltina, felicidade geral na colina e o renascimento da esperança de brigar por algo grande na competição.

São 8 pontos do g-3, e precisaremos de aproveitamento de campeão para chegarmos lá. O time é bom, tem capacidade para isso. Mas entre nós e a vaga, não existem apenas 8 pontos, existem também uma penca de times. PC Gusmão foi sereno na análise de nossas possibilidades. O Vasco não tem que pensar fixamente em chegar no g-3, temos que fazer o nosso máximo e buscar a melhor colocação possível. Pensando desse modo, talvez consigamos chegar lá. Impossível não é. Temos exemplos que mostram que arrancadas como as que precisaremos são possíveis. Jogando como temos jogado recentemente, e não bobeando na hora de assegurar os resultados, as possibilidades aumentam,embora, na minha concepção, continuem no campo dos sonhos. Vamos sonhar juntos então?!

4 comentários:

  1. não pretendo sonhar não amigo.

    acredito piamente que este time tem condições de promover uma arrancada tão sensacional quanto a que tivemos em 1997.

    ResponderExcluir
  2. Salve Almirante...
    Esse sonho pode tornar-se realidade... EU ACREDITO.... se for aberta a 4ª vaga para a Libertadores pela Commebol... nossas chances aumentam consideravelmente...
    forte abraço !!

    ResponderExcluir
  3. é difícil mas não impossível...só que aquela postura do 2º tempo não vai levar o Vasco a lugar algum...um time que dominou completamente o 1 tempo não precisava ter recuado daquela maneira, ainda mais atuando em São Januário...

    abraço!!

    ResponderExcluir
  4. é jogar um jogo de cada vez, ir de vitória em vitória e ir subindo. Não jogamos mal nunca, então é hora de fazer valer a qualidade e chegar onde merecemos na tabela. Esse ano o time do Vasco merece muito estar lá em cima, muito mais que uns timinhos que lá estão.

    Força Vascão!

    Abraço e sds vascaínas!

    ResponderExcluir

Sinta-se a vontade para expressar sua opinião sendo Vascaíno ou não.

Saudações Cruzmaltinas